Uma palavra para os sábios

“Ouve, Israel, o Senhor, o nosso Deus, é o único Senhor. Amarás o Senhor, o teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força” (Dt 6:4, 5).

Diz-se que estamos condenados a repetir os erros de nossos pais. Às vezes, tentamos colocar em nossos genes a culpa por nossas falhas. Podemos argumentar que os filhos dos israelitas que foram redimidos da escravidão tinham o mesmo caráter faltoso de seus pais. Tudo isso pode ser verdade. Contudo, Deus não deseja que continuemos falhando da mesma forma que nossos pais falharam. Ao contrário, Ele deseja que nos ergamos acima das circunstâncias. “Tudo isso aconteceu com os nossos antepassados a fim de servir de exemplo para os outros, e aquelas coisas foram escritas a fim de servirem de aviso para nós” (1Co 10:11).

Pessoalmente, é difícil para mim aprender com os erros dos outros. Gosto de descobrir as coisas por mim mesmo. Isso já me levou a passar por algumas dores que eu poderia ter evitado se tivesse dado ouvidos às advertências que recebi. Em meu primeiro ano de faculdade na Universidade Andrews, recebi muitos conselhos para ir dormir num horário decente, me alimentar bem e tomar tempo para estudar. Contudo, como muitos calouros o fazem, ignorei completamente a maior parte dos conselhos. Ficava acordado até tarde vendo filmes e jogando videogame. Embora tenha parecido divertido no começo, quando chegaram os exames senti a dor de não ter tomado tempo para estudar.

Eu tinha ignorado as admoestações de meus pais, colegas, preceptores e professores. Os filhos de Israel tiveram o mesmo problema. Deus e Moisés os advertiram verbalmente. Contudo, eles também escolheram aprender da maneira mais difícil. Deus novamente deu advertências verbais para que a segunda geração seguisse Seus mandamentos para que tudo lhes corresse bem na vida. É importante para nosso bem-estar que demos ouvidos a essas advertências. Eclesiastes diz que é melhor ser um jovem pobre que é capaz de receber admoestações, do que um rei idoso que é incapaz de fazê-lo (Ec 4:13).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s